preloader

Os libertistas

product-img
product-img
product-img
product-img

Os libertistas

14.00$
Sinopse

Tudo começou em Paris, no ano de 1980. Comunidades que defendiam teorias filosóficas começaram por existir apenas em França, depois da morte de Jean-Paule Sartre. Não demorou muito tempo até se propagarem por toda a Europa, com um objetivo de as defender, mas da pior maneira. “Estamos condenados à liberdade” é a frase de Jean-Paul Sartre que anunciava, num folheto, a Comunidade Libertista. Nestas comunidades, propagam-se teorias filosóficas que se defendem da pior maneira. Quando Nicole e Matilde sugerem aos amigos juntarem-se a uma das Comunidades, o que todos aceitam, começa o primeiro dia da fase mais difícil da vida deles. A cada momento a sua liberdade vai-se esgueirando por entre dedos que ficam cada vez mais presos e ligados ao rigor de um exército. Avizinham-se momentos de grande tensão, a clamar por uma importante decisão do grupo.

Sobre a autora: Diana Brígida Correia (n. 2000) escreve desde os 11 anos, vive em Lisboa e prepara-se para seguir o curso de Direito. Aos 16 publicou o seu primeiro livro. Sempre gostou de escrever e ambiciona escrever mais e diferentes géneros de narrativas. Gin no Jardim, o seu primeiro livro publicado, retrata temas importantes da adolescência. Os Libertistas, o título que agora publica, difere de outros livros sobre a adolescên- cia por ser escrito por uma adolescente. O seu próximo projeto incide sobre uma história fictícia… uma distopia.
O livro foi traduzido para o espanhol e foi lançado no México em 05 de dezembro de 2019.

Vencedor do Prémio Autor 2018

Um romance na Lisboa antes da Revolução.

Compre aqui