preloader

Eles não moram mais aqui

product-img
product-img
product-img
product-img

Eles não moram mais aqui

14.00€
Sinopse

Eles não moram mais aqui, o 17o. livro do autor Ronaldo Cagiano, reúne dezasseis contos escritos ao longo de nove anos. Publicado em 2015 no seu país natal, o livro ganhou o Prémio Jabuti de 2016, um dos mais importantes prémios literários nacionais do Brasil. Nesta obra é possível encontrar belas referências aos grandes nomes da literatura mundial, como James Joyce, Rainer Maria Rilke, e especialmente da literatura brasileira, como Clarice Lispector, Nuno Ramos, Mário Faustino e Marçal Aquino. O texto de Cagiano não é descanso, não é placidez, não é um passeio de domingo em jardins floridos. A sua beleza está, justamente, no seu estilo bruto, na dissecação de dores e tormentas. Como o crítico, poeta e escritor André di Bernardi sugere, ao ler Cagiano damo-nos conta da fúria do tempo e de que somos literalmente tragados diante do fluxo furioso da vida.

Sobre o autor: Ronaldo Cagiano nasceu em Cataguases, Minas Gerais. Formou-se em Direito e viveu em Brasília e São Paulo. Mora em Lisboa. Estreou em 1989 com ‘Palavra engajada’ (poesia). Publicou, entre outros, ‘Dezembro indigesto’ (contos, vencedor do Prêmio Brasília de Produção Literária em 2001), ‘O sol nas feridas’ (poesia, finalista do Prêmio Portugal Telecom em 2012), ‘Observatório do caos’ (poesia) e Diolindas (novela). Organizou as coletâneas ‘Poetas mineiros em Brasília’ (2001), ‘Antologia do conto brasiliense’ (2004) e ‘Todas as gerações — conto brasiliense contemporâneo’ (2006). Atualmente, o autor colabora com artigos e resenhas em jornais e revistas do Brasil e da Europa.

Vencedor do Prémio Autor 2018

Um romance na Lisboa antes da Revolução.

Compre aqui